Arrecadação de dezembro atinge mais de 159 bilhões

Fonte: site da Receita Federal

A arrecadação total das Receitas Federais atingiu, em dezembro de 2020, o valor de R$ 159.065 milhões, registrando acréscimo real (IPCA) de 3,18% em relação a dezembro de 2019. No período acumulado de janeiro a dezembro de 2020, a arrecadação alcançou o valor de R$ 1.479.390 milhões, representando um decréscimo pelo IPCA de 6,91%.

Quanto às Receitas Administradas pela RFB, o valor arrecadado, em dezembro de 2020, foi de R$ 156.369 milhões, representando um acréscimo real (IPCA) de 3,31%, enquanto que no período acumulado de janeiro a dezembro de 2020, a arrecadação alcançou R$ 1.426.402 milhões, registrando decréscimo real (IPCA) de 6,54%.

Ao longo do ano, o resultado foi bastante influenciado pelos diversos diferimentos decorrentes da pandemia de coronavírus. As compensações cresceram 47% no mês de dezembro de 2020 em relação a dezembro de 2019 e também apresentaram crescimento de 59% no período acumulado. Destaca-se, ainda, que no período observaram-se receitas extraordinárias de IRPJ/CSLL que contribuíram para o resultado.

Em comparação com o ano de 2019 a arrecadação total de 2020 teve um decréscimo de 3,75. Em 2019 a arrecadação atingiu 1.537.079 milhões ao passo que em 2020 esse valor foi de 1.479.390 milhões. O que denota uma boa recuperação em se considerando um ano de grave crise decorrente da pandemia do novo coronavirus. Dentre as variáveis que contribuíram para esse desempenho podemos considerar: redução a zero da alíquota do IOF aplicáveis nas operações de crédito; crescimento de 47,43% em relação a dezembro de 2019 dos valores compensados; arrecadações extraordinárias de IRPJ/CSLL; recolhimento da 7ª cota do ajuste do IRPF e recolhimento de parcelas diferidas do Simples Nacional (de parcelamentos especiais e de transações tributárias).

 Clique aqui para ver o relatório

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *