Auditores recebem kits de prevenção ao coronavírus em portos e aeroportos do país

Fonte: Site do Sindifisco Nacional

Com o avanço do surto de coronavírus, que já se alastrou por 17 países e infectou mais de oito mil pessoas, causando a morte de mais de 170, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou no último dia 30/01, emergência global de saúde pública. O alerta vermelho da epidemia chegou ao Brasil, onde existem nove casos suspeitos, em seis estados. Como medida preventiva, o Sindifisco Nacional, em parceria com o Unafisco Saúde, está distribuindo cerca de 200 kits de prevenção para Auditores-Fiscais que atuam em portos e aeroportos do país.

A primeira entrega dos kits foi feita no dia 30/01, no Aeroporto Internacional de Brasília, pelo diretor de Assuntos Parlamentares George Alex Lima de Souza. O diretor de Administração e Finanças Elias Carneiro Junior foi o responsável pela entrega de kits no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). No dia 31/01, o presidente do Sindifisco Nacional, Kleber Cabral, entregou os kits no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP).

No Aeroporto de Brasília, onde atuam cerca de cinco Auditores-Fiscais diariamente, a Auditora Luciana Sabino elogiou a iniciativa do sindicato. “De fato, o coronavírus tem surtido reflexos não somente na China, mas no mundo inteiro, e aqui o contato com os viajantes é constante, então a precaução é fundamental”, afirmou, acrescentando que os Auditores têm contato direto com todos os passageiros de voos internacionais, no desembarque e no setor de fiscalização.

O diretor de Assuntos Parlamentares George Souza explicou que a iniciativa surgiu a partir da observação do avanço do coronavírus no mundo. “Estamos vendo que esse vírus está se alastrando de uma forma muito rápida, e pode chegar pelas vias mais comuns, que são os portos e aeroportos, onde estão os nossos colegas. Daí a importância desse trabalho preventivo”, ressaltou.

O Sindifisco Nacional fez um mapeamento dos pontos mais sensíveis, que recebem passageiros vindos da China, considerando voos diretos e conexões. “Fizemos uma triagem e chegamos a um total de aproximadamente 200 Auditores-Fiscais, que trabalham em possíveis focos de entrada do vírus, e nosso objetivo é alcançar esses colegas, que têm esse contato direto com passageiros vindos do exterior, especialmente daquela região”, detalhou George Alex.

Elias Carneiro Junior salientou que a entrega em Viracopos foi simbólica, representando a preocupação da entidade com os Auditores-Fiscais que atuam nos portos e aeroportos. “Somos a primeira entidade não governamental a ter essa iniciativa em defesa da prevenção da transmissão do vírus junto aos colegas”, disse, reforçando que serão priorizados os Auditores-Fiscais que têm contato direto com passageiros de voos internacionais.

Prevenção
O kit inclui uma bisnaga de álcool em gel, três máscaras e seis pares de luvas, além de um folheto com instruções acerca dos principais sintomas e modos de transmissão do coronavírus. Na China, onde o coronavírus apareceu no mês de dezembro, o uso de máscaras é obrigatório em algumas províncias, sob pena de multa.

O coronavírus tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, como coriza, dor de garganta e febre. Para reduzir o risco de adquirir ou transmitir a doença, é preciso adotar medidas gerais de prevenção, como frequente higienização das mãos, especialmente antes de consumir alimentos, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca. Além disso, não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, copos e garrafas, manter os ambientes ventilados e evitar contato com pessoas que apresentem sinais da doença.

 

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *