Campanha Salarial: Sindifisco conclama para ato no Congresso

 

Fonte: site do Sindifisco Nacional

Como parte do cronograma de ações definidas durante a última reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), ocorrida na quarta-feira (5/01), o Sindifisco Nacional conclama as Delegacias Sindicais a indicarem filiados para o lançamento da Campanha Salarial dos servidores públicos, no dia 12, na Câmara dos Deputados.

O evento, que será das 9h às 18h, no auditório Nereu Ramos, faz parte da pauta da Campanha Salarial discutida no âmbito do Conselho de Delegados Sindicais (CDS) realizado dias 21 e 22 de janeiro, em Vitória (ES).

Inscrições
Em razão do prazo exíguo, as Delegacias Sindicais têm até esta sexta (7/01), às 18h, para indicar um representante para participação do evento. As inscrições devem ser realizadas por meio do endereço eletrônico eventos@sn.org.br.
Os custos de passagem e hospedagem sairão do Fundo de Mobilização.

Correção da tabela do IR será pauta de campanha salarial de servidores
A correção da tabela do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), baseada em estudo do Sindifisco Nacional, foi incluída como um dos pontos da pauta de reivindicações a ser encaminhada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) ao ministro da Economia, Paulo Guedes, no próximo dia 11/01, data de lançamento da campanha salarial.

O reajuste da tabela do IRPF foi incluído na pauta durante reunião realizada nesta quarta (5/01), na sede do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), em Brasília, com a participação de diversas entidades. Representando o Sindifisco Nacional, estavam o presidente da entidade, Kleber Cabral, e o diretor de Assuntos Parlamentares George Alex de Souza.

Durante a reunião, Kleber Cabral reafirmou o apoio do Sindifisco Nacional à luta dos servidores públicos federais, sobretudo diante da iminente Reforma Administrativa e das PEC 186, 187 e 188.

Ele ressaltou a importância do apoio do Fonasefe a uma pauta defendida historicamente pelo Sindifisco Nacional. “A correção da tabela do Imposto de Renda é uma pauta que contempla toda a sociedade, todos os trabalhadores, e não somente os servidores públicos”, destacou. O estudo divulgado recentemente pelo sindicato mostrou que, caso a tabela fosse atualizada, quem ganha até R$ 3.881,65 ficaria isento de pagar o tributo, fazendo com que mais de 10 milhões de brasileiros deixassem de pagar imposto de renda.

A pauta nacional de reivindicações inclui reposição de perdas salariais no período de 2010 a 2019, isonomia de benefícios e paridade entre ativos, aposentados e pensionistas, direitos previdenciários, valorização do serviço público e dos direitos trabalhistas e cumprimento dos acordos assinados com governo federal.

As entidades que integram o Fonasefe representam mais de 1,2 milhão de servidores públicos federais ativos. No próximo dia 10, haverá uma reunião para consolidar a pauta de reivindicações. No dia 11, às 14h, a pauta será entregue no Ministério da Economia, marcando o lançamento da campanha salarial, e no dia 12, no Auditório Nereu Ramos, da Câmara dos Deputados, será realizada uma ampla programação em defesa do serviço público.

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *