Direção da DS Recife visita auditores fiscais na DRF

O presidente da DS Recife, Dauzley Miranda, visitou na manhã desta quarta-feira (5/03), a sede da Delegacia da Receita Federal (DRF), no Bairro do Recife. Ele esteve acompanhado da vice-presidente, Juliana Galvão, e da diretora-Secretária Luísa Simões. O objetivo da visita foi verificar como está sendo feita a transferência dos auditores fiscais que trabalhavam na Superintendência da Receita, no bairro do Pina, para a sede da DRF.

A mudança dos servidores está ocorrendo gradativamente. Devido ao corte no orçamento da Receita Federal, o prédio onde funciona a superintendência do órgão no Recife, vai ser totalmente desocupado.

“O sindicato está totalmente aberto para receber as demandas de vocês. Estamos passando de sala em sala, inicialmente, para colher as informações de como está se dando esse processo, tanto para os auditores fiscais que já trabalham na DRF como para o que estão chegando agora”, explicou Dauzley durante a conversa com os colegas de trabalho.

Entre os pontos mais citados pelos auditores fiscais é a questão do estacionamento e a superlotação de algumas salas. “Nosso trabalho requer muita concentração. Não podemos estar num local que tenha muitas pessoas conversando, muito barulho. Porque é um trabalho minucioso e exige tranquilidade”, reforçou a vice-presidente, Juliana Galvão. Uma das salas visitadas, os auditores relataram que inicialmente eram sete pessoas trabalhando, mas que, com a chegada dos novos colegas, agora são 12 e no mesmo espaço físico.

Outras questões também foram levantadas pelos servidores, como os banheiros e a copa, que precisam ser ampliados e adaptados para o aumento do fluxo de pessoas usando, e a rede para utilização dos sistemas nos computadores, que também acaba ficando mais lenta e sobrecarregada. Todos os pontos foram devidamente anotados pela direção da DS, que vai solicitar uma reunião com o delegado da DRF para tratar das questões apontadas pelos funcionários de maneira a conduzir da melhor forma a chegada e adaptação dos colegas que estão sendo remanejados da Superintendência.

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *