DS Recife adere às Assembleias Telepresenciais

Com informações do Sindifisco Nacional

Cinquenta e oito Delegacias Sindicais confirmaram a adesão às Assembleias Telepresenciais junto à direção do Sindifisco Nacional. Número registrado até o dia 31 de dezembro, quando se enecerrou o prazo para a adesão. e que representa cerca de 70% do total de Delegacias Sindicais espalhadas pelo Brasil. Entre as quais, está a DS Recife.

Depois da adesão, a Direção Nacional vai garantir a infraestrutura tecnológica e a logística dos treinamentos para os representantes de todas as Delegacias Sindicais, para que possam oferecer às suas respectivas bases o acesso remoto às deliberações. A DS que não aderiu poderá fazê-lo, mas somente para ingresso a partir de 2021.

ASSEMBLEIAS TELEPRESENCIAIS
Aprovada em Assembleia Nacional, no dia 25 de setembro do ano passado, a iniciativa, cujo regulamento foi deliberado no Conselho de Delegados Sindicais realizado em novembro, em São Paulo, tem como principal objetivo ampliar os canais de participação dos Auditores-Fiscais nas deliberações da classe.

A nova ferramenta permitirá o debate e a votação de propostas de maneira remota, sem nenhum custo adicional para as Delegacias Sindicais, que continuarão realizando as reuniões presenciais, com a facilidade de usar o aplicativo para a contabilização dos votos dos presentes. A novidade é que, com a plataforma digital, cerca de 3,3 mil filiados que moram em cidades onde não existe representação, ou que tenham dificuldade para se deslocar até o local da assembleia, poderão participar das decisões, aumentando assim a representatividade das deliberações.

Segundo o diretor secretário do Sindifisco Nacional, Paulo Roberto Ferreira, a Direção Nacional está trabalhando na formatação da ferramenta e a previsão é que o treinamento seja realizado em março. “A assembleia que será realizada entre março e abril já deve contar com essa tecnologia. A nossa expectativa é que aumente bastante o número de filiados participantes das assembleias, chegando ao triplo do que temos hoje”, prevê.

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *