Sindifisco propõe à Receita extensão de prazo da DIRPF e antecipação de restituições

Fonte: site Sindifisco Nacional

O presidente do Sindifisco Nacional, Kleber Cabral, encaminhou, na sexta-feira (20), ofício ao Auditor-Fiscal José Barroso Tostes Neto, secretário da Receita Federal, propondo uma série de providências ao órgão para ajudar o país a atravessar a crise provocada pelo coronavírus.

A primeira sugestão é ampliar o prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF 2020) até o dia 31 de maio, tendo em vista que a necessidade de isolamento social pode dificultar o recolhimento de documentos necessários ao preenchimento da declaração e o contato com contadores.

O ofício também propõe a priorização da análise das restituições do Imposto de Renda, para que todos os lotes sejam pagos até o fim de agosto. Por fim, o presidente do Sindifisco sugere à Receita a suspensão, até o fim de abril, de todos os prazos fiscais (atendimento a intimações, envio de declarações e recolhimento de tributos).

“O Sindifisco entende que as medidas propostas são de caráter excepcional, em face do momento atípico que o país e o mundo atravessam, e considera que elas contribuirão para diminuir o sofrimento do país sem comprometer as contas públicas”, explica Kleber Cabral no documento.

As propostas do Sindifisco Nacional ganharam destaque nas páginas digitais de diversos veículos de comunicação, entre eles a Folha de São Paulo e a IstoÉ.

0 respostas

Deixe uma resposta


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *